01
Out 10

A designer madeirense foi a grande vencedora dos European Property Awards 2010, na categoria Best Interior Design Award, com a projecto desenvolvido no Hotel Teatro, no Porto.

"A ideia central consistiu em transformar o conceito de teatro no conceito de hotelaria", descrevia Nini Andrade Silva, à VISÃO, a propósito da inauguração do Hotel Teatro, um quatro estrelas, o primeiro do Porto a ser incluído na categoria internacional Design Hotels.

Parece que a aposta não podia ter sido mais acertada. A comprová-lo estão os prémios de "Melhor Projecto de Design de Interiores de Portugal" e, ainda, "Melhor Design de Interiores da Europa" atribuidos no passado dia 24 de Setembro, em Londres, na cerimónia dos European Property Awards 2010.

Ainda este ano, os vencedores dos European Property Awards passarão à competição internacional onde defrontarão os candidatos vencedores do Reino Unido, Ásia-Pacífico, Américas e do Mundo Árabe.

Esta competição, organizada em parceria com a Bloomberg Television integra os International Property Awards, sendo esta a sua 16ª edição. Mais de 40 países diferentes participaram este ano, incluindo novas participações da Noruega, Namíbia, Moçambique e Letónia.

publicado por Alberto Pita às 22:07

26
Set 10

O presidente do PS-Madeira acusou hoje Alberto João Jardim de estar a tentar "reatar" o conflito institucional com o Governo da República e desafiou-o a tomar uma posição sobre o projeto de revisão constitucional do PSD nacional.

Jacinto Serrão falava no âmbito de um jantar com militantes na freguesia de Santo António, no Funchal, um encontro incluído num conjunto de iniciativas destinadas a "transmitir a mensagem e as preocupações que estes devem reproduzir junto das populações".

O líder socialista insular considerou que Jardim, ao dizer publicamente que se fosse responsável pelo PSD provocava eleições antecipadas, inviabilizando o Orçamento de Estado, "deu sinais claros que quer reatar de novo conflito com Lisboa e com o Governo da República".

publicado por Alberto Pita às 21:59

O Benfica venceu esta noite o Marítimo por 1-0 com um golo de Fábio Coentrão, que se estreou a marcar com a camisola dos encarnados.

publicado por Alberto Pita às 21:57

21
Set 10

A companhia aérea SATA decidiu não prolongar pelo Inverno as ligações entre a Madeira e Faro. A informação foi avançada à TSF por José Gamboa. O porta voz da companhia aérea realça que a operação que decorreu entre Junho e Setembro “correu muito bem, a taxa de ocupação excedeu todas as expectativas que tinham no início”.

publicado por Alberto Pita às 21:23

17
Set 10

O Conselho de Governo da Madeira decidiu ontem recorrer ao Tribunal Administrativo pedindo a anulação da deliberação que a ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social) tomou relativamente ao Jornal da Madeira (JM), detido em 99% pela região, alertando para o facto de a política seguida pelo Governo Regional, atribuição de publicidade institucional e preço de capa, "pôr em risco objectivo e grave" o pluralismo da imprensa diária na região.

O pedido de anulação baseia-se no facto de a ERC ter tomado resoluções visando, neste caso, o Governo Regional, que "não está sob a alçada das suas atribuições", conforme o artigo 6.º do seu estatuto, que define o âmbito de intervenção. Ou seja, a ERC não deveria instar a entidade Governo Regional a tomar medidas mas a Empresa Jornal da Madeira, titular do órgão, a exemplo do que se passa com a RTP, RDP e Lusa, em que qualquer deliberação da ERC é dirigida à administração dos respectivos órgãos e não o Governo central, apurou o DN.

Alberto João Jardim reiterou, ontem, uma posição antiga ao "não reconhecer", pela enésima vez, "credibilidade e autoridade à ERC" tal como não reconhece à Comissão Nacional de Eleições, considerando "tendencioso" o relatório sobre os apoios ao JM, disse à Lusa. "Estamos bem por cá. Estejam bem por lá. Não nos chateiem", referiu o líder madeirense perante o assunto.

publicado por Alberto Pita às 13:31

14
Set 10

O primeiro-ministro José Sócrates quer atrair mais 60 mil portugueses para o ensino superior até 2020, o que significa que 40% dos portugueses dos 30 aos 34 anos deverão ter formação superior nos próximos dez anos.

Este é o objectivo do Governo, que conta com o envolvimento de todas as universidades portuguesas. Para o primeiro-ministro "é possível" e "desejável" atingir esta meta, pois é neste campo que se "joga o futuro do País", disse na abertura solene do ano lectivo académico na Universidade da Madeira (UMa), que contou com a presença do chefe do Governo, do ministro Mariano Gago, de todos os reitores das universidades públicas portuguesas e do presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim.

As certezas de Sócrates fundamentam-se em dados, sobretudo nos últimos indicadores da OCDE em que Portugal aparece como o segundo país com a maior taxa de crescimento anual de diplomados no superior, nos resultados das reformas implementadas ao nível do modelo de gestão e internacionalização, uma aposta ganha que "mudou o País" nos últimos anos, reiterou José Sócrates.

A Universidade da Madeira é a mais jovem universidade portuguesa escolhida pelos seus pares para assinalar a efeméride como "exemplo" do sucesso alcançado, nomeadamente nas parcerias internacionais, como é o caso da universidade americana Carnegie Mellon, o que conduziu à criação do M-ITI (Madeira Interactive Tecnologies Institute) em associação com o Madeira Tecnopólo.

Ontem, o ministro Mariano Gago anunciou que a Madeira terá uma escola internacional de medicina.

O desafio foi feito no início do ano pelo governante e já conta com o apoio de Alberto João Jardim. O objectivo é trazer para a região uma escola internacional que funcione em rede com instituições de prestígio mundial.

Actualmente, já funcionam na Madeira os quatro primeiros semestres do Mestrado Integrado em Medicina, numa cooperação interinstitucional entre a Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL) e a Unidade de Ciências Médicas (UCM) da UMa.

A parceria permite o acesso a medicina a um número acrescido de alunos desta Região Autónoma, e permite também uma colaboração ao nível pós-graduado Actualmente, os quatro primeiros semestres são dados na UMa, terminando os alunos o seu ciclo de estudos na FMUL.

Fonte: Diário de Notícias de Lisboa

publicado por Alberto Pita às 11:12

12
Set 10

O primeiro-ministro, José Sócrates, que no primeiro mandato foi uma figura cuja ausência foi frequentemente criticada na Madeira, está a tornar-se num visitante assíduo da ilha e efectua, amanhã, segunda-feira, a quarta deslocação oficial a este território.

A presença de José Sócrates na Madeira deve-se à escolha da Universidade da Madeira para a sessão solene de abertura de mais um ano académico, cerimónia que conta também com o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Mariano Gago.

José Sócrates no primeiro mandato quase excluiu a Madeira da sua agenda de deslocações e só no último ano ali esteve, a 25 de Maio de 2009, para reunir com empresários e entregar os primeiros computadores Magalhães.

Nesse ano regressou, na qualidade de secretário-geral do PS, para participar na festa anual do partido na Fonte do Bispo.

Foi o temporal de 20 de Fevereiro, que provocou 43 mortos, seis desaparecidos, 600 desalojados e prejuízos materiais avaliados em 1080 milhões de euros que "ressuscitou" o espírito de solidariedade do continente português para com a Madeira e marcou o restabelecimento do relacionamento institucional entre os Governos central e regional.

Essa tragédia marcou a "viragem" nas relações entre Sócrates e Alberto João Jardim, um novo clima que começou com a visita que o primeiro ministro fez à região no final desse dia para avaliar a dimensão dos estragos e prometendo solidariedade.

Nessa altura viviam-se momentos de desespero perante a dimensão da tragédia que se abatia sobre a ilha.

Jardim correspondeu, garantiu o "reconhecimento" do Governo da Madeira e "convidou" o chefe do executivo da República para a Festa da Flor, a 18 Abril, altura em que com o trabalho e a determinação dos madeirenses a ilha se apresentaria "num brinquinho".

Sócrates aceitou o convite e voltou a aterrar na Madeira a 18 de Abril, assistindo ao lado de Jardim ao desfile daquela festa.

No dia seguinte anunciou o valor dos prejuízos (1080 milhões de euros) e a forma como o Estado iria ajudar na reconstrução, solidariedade que ficou estabelecida na lei de Meios aprovada em maio.

Nessa altura declarou que "a obra de reconstrução da Madeira é o símbolo do que une o país".

A 30 de Maio Sócrates fez mais uma passagem pelo aeroporto da Madeira no regresso da viagem que efectuou à Venezuela, tendo reunido com o presidente do Governo Regional para analisar assuntos pendentes.

Segunda-feira, Sócrates efectua a sua quarta viagem à Região Autónoma da Madeira em menos de sete meses.

Fonte: JN

publicado por Alberto Pita às 12:52

08
Set 10

Uma mulher de 33 anos foi morta à martelada, esta segunda-feira, numa casa da freguesia de Canhas, concelho de Ponta do Sol, na Madeira. O alegado autor do crime, o companheiro, confessou e entregou-se às autoridades.
O incidente ocorreu na sequência de acesa discussão, segundo o Correio da Manhã.

As equipas de socorro e de segurança estiveram no local e encontraram o corpo da vítima com a cabeça desfeita.
A Polícia Judiciária está a investigar o caso. O mesmo jornal adianta, citando vizinhos, que o casal – com três filhos menores – passava por uma fase menos boa da relação. A mulher pretendia mesmo separar-se.

publicado por Alberto Pita às 02:18

02
Set 10

A Região Autónoma da Madeira esteve esta quinta-feira sob aviso amarelo pelo segundo dia consecutivo, por causa das previsões do Instituto de Meteorologia (IM) que apontam para a persistência de temperaturas elevadas.

De acordo com o site do IM, a temperatura máxima prevista para o Funchal é de 28 graus Celsius, um valor elevado considerando a média normalmente registada naquela região.

O aviso amarelo, o segundo de uma escala de quatro, representa situações de risco para a realização de determinadas actividades, dependentes das condições meteorológicas.

publicado por Alberto Pita às 21:50

31
Ago 10

Os dois feridos na sequência da queda de uma palmeira no comício do PSD-M no Porto Santo estão a recuperar, estando um deles em condições de sair dos Cuidados Intensivos, disse hoje o director clínico do hospital no Funchal.

Miguel Ferreira falava numa conferência de imprensa para actualização da informação relacionada com os dois feridos naquele acidente que provocou a morte uma mulher de 61 anos.

“A senhora, que estava numa situação melhor desde início, fez sexta-feira a primeira intervenção cirúrgica e hoje deve sair dos Cuidados Intensivos e passar para o serviço de Ortopedia”, disse, adiantando que “não corre risco de vida”.

O rapaz de 24 anos continua em coma induzido, mas o responsável hospital adiantou que também começou a “sair do prognóstico mais reservado”. “A situação mantém-se estável e prevê-se que amanhã [hoje] haverá condições para se submeter a uma primeira das intervenções correctivas” da área ortopédica.

publicado por Alberto Pita às 00:19

pesquisar neste blog
 
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


mais sobre mim
subscrever feeds