29
Abr 09

As associações de municípios da Madeira e dos Açores vão processar o Estado português por considerarem que a Lei das Finanças Locais não está ser cumprida. As autarquias acusam o Estado de estar a reter verbas do IRS que lhes pertencem.
No final de uma reunião da associação intermunicipal da Madeira, o presidente desta estrutura, Arlindo Gomes, explicou que "esta acção visa obrigar o Estado português a cumprir a legislação vigente e deixar de fazer a retenção das verbas do IRS que são das autarquias".

publicado por Alberto Pita às 22:01

A secretária regional do Turismo e Transportes, Conceição Estudante, revelou hoje que a taxa de ocupação turística prevista para Maio é de 70 por cento, 14 pontos percentuais acima da verificada em igual mês do ano anterior.

«Uma sondagem elaborada por esta secretaria à situação de reservas já efectuadas para a hotelaria regional apontam para uma taxa de 70 por cento de ocupação já no próximo mês de Maio, taxa essa superior à registada em 2008 no mesmo período que foi cerca de 66 por cento», adiantou Conceição Estudante.

A responsável acrescentou que «nos próximos seis meses as reservas efectuadas apontam taxas de ocupação da ordem dos 50 por cento», sem contar com as reservas de última hora.

publicado por Alberto Pita às 12:03

26
Abr 09

A concorrência da easyJet nos voos Lisboa-Funchal desde Outubro do ano passado obrigou a TAP a baixar as tarifas numa rota que em 2008 significou mais de meio milhão de passageiros para a companhia de bandeira portuguesa.

A liberalização do transporte aéreo pôs fim à imposição de obrigações de serviço público no transporte entre o Continente e a Madeira, até então assumidas pela companhia de bandeira TAP em code-share (partilha de voos) com a SATA.

Antes da liberalização, uma viagem Funchal-Lisboa-Funchal para residente custava 222,63 euros e a viagem Lisboa-Funchal-Lisboa 431,63 euros.

Fonte: Expresso

publicado por Alberto Pita às 18:55

25
Abr 09

PND equipa-se com G3 falsas, de madeira, camuflados, viaturas militares e cravos e monta arraial frente à Quinta Vigia.

A “Operação Liberdade” iniciou-se às 6 da manhã. Às 7H30 uma chaimite vinda directamente de Lisboa, jipes de guerra, atrelados, posicionaram-se frente à Quinta Vigia, residência oficial de Alberto João Jardim.

Elementos do PND de camuflado, G3 de madeira e cravos vermelhos foram os actores da performance. A PSP surgiu no local mas “entendeu o espírito de Abril”, disse ao DN, Baltazar Aguiar.    

O PND ameaçou e fez. Num acto de simbólico foram lidos e distribuídos manifestos do “movimento militar” e entoadas canções de protesto dos baladeiros de há 35 anos. Adaptaram-se comunicados do MFA, como o primeiro em que os militares de Abril pediam à população para manter a calma.
Fonte: Texto da autoria do DN-Lisboa

publicado por Alberto Pita às 12:43

24
Abr 09

O líder nacional da JS afirmou esta sexta-feira que o presidente do Governo Regional, «à medida que se foi esquecendo de comemorar o 25 de Abril», foi criando um modelo de desenvolvimento que está «esgotado», refere a Lusa.

 

Duarte Cordeiro falava a propósito da vigília que a JS/Madeira vai promover esta sexta-feira junto às portas fechadas da Assembleia legislativa da Madeira para «apresentar condolências a todos os madeirenses» pelo facto de considerar que «a democracia sucumbiu às mãos do Governo Regional do PSD».

«Continuaremos a fazer-nos ouvir porque os jovens, todos os jovens (independentemente da sua cor partidária), todos os madeirenses merecem celebrar o 25 de Abril. Um dia, celebraremos a democracia..!» declara a estrutura jovem do PS, liderada por Orlando Fernandes.

Para o secretário-geral da JS, «a vigília tem por objectivo alertar os jovens para a importância de participarem na vida pública e terem consciência crítica em relação ao que se passa na sua terra».

Apontou que Alberto João Jardim foi «o primeiro deputado a pedir a celebração do 25 de Abril na região, mas ao longo do tempo foi-se esquecendo dos princípios básicos da democracia».

Duarte Cordeiro opina que «a Madeira é hoje uma região com maior nível de desigualdades sociais», defendendo ser necessário sensibilizar os jovens para a importância de uma democracia mais participativa.

«É numa situação de crise como a que vivemos que se percebe melhor as deficiências deste modelo de desenvolvimento esgotado do Governo Regional», diz, apontando que as várias medidas de apoio foram na maioria criadas pelo executivo central.

Criticou Jardim por «falar tanto em democracia e esquecer-se das autonomias reais» que colocam a Madeira em situação de dependência diversa, sem apostar no combate às desigualdades.
 

publicado por Alberto Pita às 20:13

23
Abr 09

Eis um anúncio especialmente para a malta do norte.

Vejam porque tantos madeirenses bebem pocha por cá... lol

publicado por Alberto Pita às 16:46

A Secretaria Regional do Turismo e Transportes vai apresentar um estudo que prova que as gravações da novela da TVI na Madeira beneficiou o arquipélago como destino turístico.

Conceição Estudante disse, no entanto, que apesar de não ter dados concretos, está convicta de que a produção nacional emitida pela TVI tem sido positiva para conquistar o mercado nacional.

“A prova disso é que, juntando os efeitos provocados pela liberalização aérea, pela telenovela, pelas campanhas e promoções desenvolvidas no continente e não obstante o cenário de contracção que estamos a viver, o mercado português cresceu 18%, de Janeiro até agora, pelo menos na linha aérea Lisboa/Funchal/Lisboa”.

 

publicado por Alberto Pita às 12:57

22
Abr 09

Guilherme Silva, deputado do PSD Madeira, na Assembleia da República, confirmou ao DN que o candidato do PSD/M ao parlamento europeu passou de 8º lugar para 5ª lugar – posição que repete a de 2004, (elegível) à frente do candidato dos Açores (6ª).    

O DN apurou que Manuela Ferreira Leite depois do caso dos Açores  - ameaça de ruptura com a direcção nacional devido ao 10º lugar inicialmente atribuído ao candidato açoriano – ter saltado do 10ª para o 6º, a líder nacional contactou hoje telefonicamente Alberto João Jardim que se encontra em Bruxelas confirmando as alterações a favor do PSD/Madeira.

Recorde-se que inicialmente o 8º lugar foi recusado pelo actual eurodeputado madeirenses Sérgio Marques que só teve então conhecimento dessas negociações pela comunicação social. Após a recusa Jardim substitui de imediato Sérgio Marques pelo jovem quadro do Governo Regional, Nuno Teixeira que acaba por ver o seu lugar assegurado em Bruxelas.

Fonte: Texto da autoria integral do DN-Lisboa

publicado por Alberto Pita às 12:57

21
Abr 09

Manuela Ferreira Leite leva esta terça-feira à noite ao conselho nacional a sua lista às europeias de dia 7 de Junho, depois da polémica em torno do lugar da Madeira, o oitavo, e da insatisfação da presidente do PSD/Açores, Berta Cabral , que acabou por indicar uma mulher, Maria do Céu Patrão Neves, ex-mandatária de Cavaco Silva nas presidenciais. Assim, os Açores que tinham o décimo lugar para Duarte Freitas, esperam obter o sexto lugar. O que significa que o nome dos Açores pode ficar à frente da Madeira, com Nuno Teixeira no oitavo lugar, depois da recusa de Sérgio Marques. Facto que seria inédito na história dos sociais-democratas.
A polémica no PSD adensou-se ontem por causa da lei da paridade. Um processo que levou Edite Estrela, do PS, a exigir que a presidente social-democrata esclarecesse se estava disposta a contornar a lei da paridade. De facto, do lado madeirense chegou a estar em cima da mesa o quarto lugar, se a equipa de Alberto João Jardim tivesse indicado uma mulher. PSD/Madeira e PSD nacional garantiram que não haverá contorno da lei, isto depois de ter sido atribuído a Guilherme Silva declarações sobre a desistência de duas mulheres da lista em prol da Madeira, pós-eleições. Teresa Morais e Regina Bastos eram os nomes apontados.

Em todo o caso, o conselho nacional promete aquecer esta terça-feira com as intervenções de Marco António, do PSD/Porto, sem representação nos dez primeiros lugares do Porto, e Passos Coelho que fará uma análise sobre o partido e resultados eleitorais.

Ontem, a lista não oficial para as europeias do PSD era: Paulo Rangel, Carlos Coelho, Teresa Morais, Mário David, José Manuel Fernandes. Faltava saber se os Açores ficariam com sexto lugar, o que implicaria uma mudança de posição de Regina Bastos.

O sétimo lugar estava previsto para um dirigente da JSD, Joaquim Biancard. Aliás, a JSD lançou a campanha 'lig@-te à Europa'. A ideia é percorrer o País a explicar a importância da Europa aos jovens.

O nono lugar era atribuído a Marina Leitão e o décimo estava em aberto. Inicialmente era potencialmente atribuído a Duarte Freitas, dos Açores.

A confirmar-se José Manuel Fernandes no quinto lugar, o autarca de Vila Verde não poderá ser recandidato. É uma regra imposta pela líder do PSD.

publicado por Alberto Pita às 12:58

18
Abr 09

O Diário de Notícias do Funchal noticia hoje a tomada de posse do novo reitor da UMa.

O novo reitor é o professor de Matemática e Engenharias José Manuel Castanheira da Costa, que sucede ao economista Pedro Telhado Pereira.

Castanheira da Costa já tinha exercido o cargo de reitor da Universidade da Madeira, entre 1996 e 2000.

publicado por Alberto Pita às 21:49

pesquisar neste blog
 
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

15

19
20

27
28
30


mais sobre mim
subscrever feeds