06
Nov 08

O deputado do Partido Nova Democracia (PND) que ontem exibiu a bandeira nazi no parlamento Regional da Madeira foi hoje impedido de entrar no edifício pelos seguranças.

Hoje de manhã, o deputado do PND tentou entrar no Parlamento regional tendo sido impedido pelos seguranças, provocando uma situação confusa na entrada do edifício.

José Manuel Coelho continua na entrada do Parlamento Regional e os trabalhos dos deputados encontram-se suspensos.

O deputado Baltazar Aguiar, igualmente do PND (a quem José Manuel Coelho substitui), entrou no edifício para a zona do público e, a partir desse espaço, protestou contra a situação, levando o presidente do parlamento madeirense, Miguel Mendonça, a mandar expulsá-lo da sala, o que aconteceu no meio de mais protestos.

Na sessão de ontem,quarta-feira, José Manuel Coelho chamou "fascistas" aos deputados do PSD/M e exibiu uma bandeira nazi. O deputado pretendia entregar a bandeira ao líder parlamentar social-democrata, Jaime Ramos, apelidando-o de "fascista".

O líder da bancada social democrata madeirense insurgiu-se contra este acto e requereu a suspensão e levantamento da imunidade parlamentar do deputado do PND, bem como a apresentação de queixa junto do Ministério Público, sugestão que foi aprovada pela maioria social democrata.

Esta proposta contou com a abstenção dos deputados do CDS/PP e com os votos contra dos restantes partidos da oposição, que apesar disso condenaram a acção de José Manuel Coelho.

José Manuel Coelho deixou a bandeira na mesa do lugar de Jaime Ramos e ainda trocou palavras com os deputados sociais democratas fora da sala.

Fonte: SAPO/Agência Lusa

publicado por Alberto Pita às 13:08

pesquisar neste blog
 
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

18
21

26
28

30


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores