16
Nov 08

O vice-presidente da bancada parlamentar do PSD Madeira apresentou a sua demissão do cargo. Ouvido pela TSF, Coito Pita adiantou que os motivos sua decisão vão discutidos internamente com o partido.

O vice-presidente da bancada parlamentar do PSD Madeira, Coito Pita, garante que a decisão é irreversível. «Confirmo que me demiti [e agora acho] que é um momento de reflexão. A questão está esclarecida e não vale a pena especular e fazer um drama com uma demissão que é natural em qualquer partido», salientou.

A edição deste sábado do Diário de Notícias da Madeira avança que o deputado social-democrata abandona o cargo em protesto pela forma autoritária e independente como o líder da bancada parlamentar Jaime Ramos e o seu filho, Jaime Filipe Ramos, têm dirigido os deputados do PSD Madeira.

No entanto, Jaime Filipe Ramos, também ouvido pela TSF, desvaloriza a polémica que provocou a demissão de Coito Pita e considera que a Madeira tem questões mais importantes para resolver.

«Acho que é importante em política haver solidariedade e o partido neste momento que estar unido, forte e coeso (…) porque a região tem questões muito mais importantes para debater», acrescentou.

Fonte: Texto da autoria da TSF-Madeira

publicado por Alberto Pita às 21:19

pesquisar neste blog
 
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

18
21

26
28

30


mais sobre mim