01
Jan 09

Os partidos com um deputado no parlamento madeirense (PND, BE e MPT) anunciaram que vão iniciar o ano, mudando os seus representantes na Assembleia Legislativa da Madeira.
No Partido da Nova Democracia, o dirigente regional, Baltasar Aguiar, regressa ao Parlamento, substituindo José Manuel Coelho, o polémico deputado que ficou conhecido pela sua irreverência nos últimos meses durante os plenários. Dos vários episódios protagonizados por José Manuel Coelho, destaque para quando colocou ao pescoço um relógio de cozinha, o dia em que se sentou, usando trajes coloridos, numa cadeira em frente à Assembleia Legislativa, protestando contra o excessivo tempo de férias dos deputados e o desfraldar da bandeira nazi.
José Manuel Coelho alega "desgaste" para justificar a sua saída e anunciou que se vai dedicar a um outro projecto político, a luta por um lugar nas autárquicas de Câmara de Lobos para minimizar a influência de João Isidoro Gonçalves do MPT naquele concelho, "ajudando o PS a derrotar o PSD".
Quanto ao Bloco de Esquerda, cumprindo o compromisso de rotatividade assumido na última convenção regional e na campanha eleitoral, coordenador regional, Roberto Almada, que substituiu o deputado eleito Paulo Martins, que teve de abandonar o cargo por motivos de saúde, vai ceder durante um ano o seu lugar no Parlamento a Fernando Letra.
Roberto Almada afirmou que se vai dedicar à coordenação do BE para a luta dos três actos eleitorais que acontecem em 2009.
No MPT sai João Isidoro e entra Jaime Silva.

publicado por Alberto Pita às 23:43

pesquisar neste blog
 
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

14
16

20
22

26
28
31


mais sobre mim