07
Jan 09

A Diocese e a Região renderam-se à personalidade do padre Mário Casagrande que há quase cinquenta anos veio para a Madeira e aqui desenvolveu notável obra na educação da juventude no Colégio Infante, e na Escola da APEL, entre outros serviços apostólicos de grandeza inesquecível.

As principais facetas do seu trabalho foram lembradas ontem na missa exequial, em jeito de reconhecimento e gratidão por tudo quanto realizou a favor da comunidade em geral.
Terá sido na sequência de uma queda que o padre italiano terá piorado o seu estado de saúde, acabando anteontem por não resistir.

publicado por Alberto Pita às 20:03

pesquisar neste blog
 
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

14
16

20
22

26
28
31


mais sobre mim