01
Fev 09

O presidente do governo regional da Madeira e do PSD/M, Alberto João Jardim, questionou hoje o Presidente da República, Cavaco Silva, acerca do "roubo que está sendo feito à Madeira por este governo de Sócrates".

"Senhor Presidente, se for para aplicar as leis nós estamos a ser prejudicados, estamos a ser discriminados ", afirmou, perante cerca de um milhar de apoiantes.

"Senhor Presidente, está a ver o que se passa na Madeira, a ser roubada, a discriminação contra os madeirenses. Está a ver que é muito mais difícil promulgar uma lei da Madeira em relação a uma lei dos Açores?", questionou.

"Fazem leis em Lisboa para fechar o Jornal da Madeira, porque eles só querem jornais comunistas", acrescentou o dirigente social-democrata, que se dirigiu indirectamente ao primeiro-ministro no processo Freeport.

Jardim disse que"agora é tempo do grande combate contra Sócrates", afirmando que "Deus não castiga nem com pau nem com pedra".

Fonte: Lusa/Expresso

publicado por Alberto Pita às 21:59

pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

18
20

23
24
28


mais sobre mim