16
Fev 09

Um mega-julgamento envolvendo 24 arguidos, acusados dos crimes de furtos, burlas, falsificação, receptação, praticados entre 2005 e 2006, começou esta segunda-feira no tribunal de Vara Mista do Funchal, escreve a Lusa.

 

No processo constam mais de 70 lesados, entre os quais, além de particulares, estão o Partido Socialista e a JS-Madeira, o Corpo Nacional de Escutas, vários hotéis, diversos estabelecimentos comerciais e um sacerdote.

O principal arguido é um homem com cerca de 30 anos, natural de Câmara de Lobos, com antecedentes criminais e toxicodependente, considerado responsável por uma onda de assaltos no Funchal, que está em prisão preventiva e irá responder por 59 crimes.

Dos 24 arguidos, apenas oito compareceram hoje perante o tribunal para julgamento, no âmbito do qual estão arroladas pelo Ministério Público mais de 80 testemunhas.

Fonte: IOL Diário

publicado por Alberto Pita às 23:56

pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

18
20

23
24
28


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores