15
Mai 09

O primeiro-ministro assumiu, esta sexta-feira, as divergências existentes com o presidente do Governo Regional da Madeira, mas frisou que essas divergências nunca colocaram em causa os interesses dos madeirenses.

«Gostaria que esta minha visita fosse entendida como um sinal claro de que, apesar das divergências que são públicas e políticas entre o Governo Regional e o Governo da República, isso nunca nos impediu de cooperarmos para que os interesses dos madeirenses possam ser tidos em conta», explicou José Sócrates.

Na sua primeira visita ao arquipélago desde que foi eleito primeiro-ministro, o chefe do Governo disse que «dessa cooperação institucional» resultaram as «articulações e os desenvolvimentos políticos que interessam quer ao país quer à Madeira».

Estas declarações foram feitas após um encontro com o presidente do Governo Regional da Madeira, Alberto João Jardim, e com o presidente da Assembleia Legislativa e com o Representante da República na Região no Palácio de São Lourenço, no Funchal.

Fonte: TSF

publicado por Alberto Pita às 21:53

pesquisar neste blog
 
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
16

20

25
26
29

31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores