16
Jul 09

O PSD da Madeira quer que a Constituição Portuguesa proíba o comunismo, tal como proíbe o fascismo. A Antena 1 Madeira teve acesso à proposta de lei de revisão constitucional que Alberto João Jardim vai defender no parlamento regional, na próxima quarta-feira. O líder do PSD da Madeira defende a extinção do comunismo por considerar que se trata de uma ideologia autoritária e totalitária. Na proposta de lei de revisão constitucional, o PSD/Madeira propõe ainda, por exemplo, a extinção do representante da República ou a existência de partidos regionais. Os laranjas esperam também que as próximas Legislativas sirvam para escutar o povo madeirense quanto ao alargamento das autonomias. A jornalista Daniela Maria resume o essencial da proposta social-democrata da Madeira.

 Fonte: RDP

publicado por Alberto Pita às 18:19

pesquisar neste blog
 
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
15
18

19
22
25

26


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores