19
Nov 09

A Madeira foi distinguida com 13 dos 15 parâmetros em avaliação como destino turístico de mais alto grau pelo Centro Mundial de Destinos Turísticos de Excelência (CED), uma instituição tutelada pela Organização Mundial do Turismo (OMT).

A classificação consta de um relatório que será apresentado publicamente sexta-feira, no Funchal, no auditório Museu Casa da Luz, em que o CED avalia como excelentes itens como a Segurança, a Montanha ou a Acomodação do destino na Madeira.

Em declarações à agência Lusa, a Secretária Regional do Turismo e Transportes madeirense, Conceição Estudante, disse que "o resultado final é muito satisfatório", porque depois de terem sido definidos 15 parâmetros de avaliação, a região, em todos eles, tem um desempenho acima da média.

"Em seis tem o nível de excelência, nos outros seis atingiu a alta performance e apenas em três teve o nível médio, mas que é sempre acima do nível de menor prestação", salientou.

Em Junho de 2008, a região candidatou-se ao programa que já distinguiu locais como o Douro português, a Riviera Maya, a Cidade do México ou Andorra como locais em que o CED acredita que se cumprem os indicadores de qualidade de destino turístico de excelência.

Este sistema foi criado no seio da OMT e pretende fazer um diagnóstico da "performance" do destino turístico para que, a partir do resultado, "se avançasse no sentido de melhorar o destino", referiu.

O resultado "excede as nossas melhores expectativas e incentiva-nos a criar um clima de confiança e auto-estima relativamente ao que somos e ao que representamos, bem como à forma como somos vistos no exterior, porque à boa maneira portuguesa, temos a mania de dizermos mal de nós próprios e não nos valorizarmos", disse Conceição Estudante.

O relatório preliminar foi apresentado em Junho deste ano e depois de algumas correcções foi finalmente remetido à região, como documento final.

Na perspectiva do executivo madeirense, o resultado foi possível porque a "adesão foi quase de 100 por cento" e envolveu o trabalho de organismos públicos e privados, que de uma maneira ou outra lidam diariamente com o turismo.

"Mas isto também traz mais responsabilidades, porque há que manter os níveis de excelência, mas, ao mesmo tempo, é preciso subir os que estão menos bem, e o relatório já apresenta possíveis soluções ou novos projectos para que isso aconteça", realçou.

Para a Madeira, enquanto destino turístico, esta "é a oportunidade para valorizar o produto vendido fora de portas ao mesmo tempo que se podem negociar outros mercados", acrescentou.

Conceição Estudante considerou ainda que, a partir de agora, a região "tem vantagens enormes quando comparados com outros destinos turísticos e tem possibilidade, efectiva, de potenciá-lo".

Como três dos critérios têm nível médio, e pretendendo a região atingir o máximo possível de "alta performance", é objectivo da secretaria regional emparcelar os diferentes parâmetros e propor que, para cada uma das situações - seja para a manutenção seja para o desenvolvimento do processo qualitativo - se criem "projectos especiais que desenvolvam uma série de acções", porque o objectivo é uma nova avaliação dentro de quatro anos.

publicado por Alberto Pita às 21:38

pesquisar neste blog
 
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
14

16
18
20
21

24
26
28

29
30


mais sobre mim