11
Jan 10

O concurso para os novos computadores para alunos do 1º ciclo do Ensino Básico não abrange a Madeira e os Açores, pelo que as Regiões Autónomas não vão receber a nova vaga de «Magalhães».

Segundo o anúncio, publicado no Jornal Oficial da União Europeia, o concurso é restrito a alunos e professores de Portugal Continental. Este facto não preocupa a Direcção Regional de Educação dos Açores, que já está a negociar alternativas.

«Vamos ter uma reunião ainda este mês com o Secretário de Estado da Educação. A situação está em análise. Vamos procurar outra solução e negociar, porque o interesse é consensual», disse ao tvi24.pt a Secretária Regional da Educação e Formação.

Para Lina Mendes, os Açores foram «excluídos deste concurso, mas não da iniciativa», pelo que não se afigura «nada de grave», até porque «apenas entre dois a três mil alunos» do 1º ciclo do Ensino Básico esperam pelos novos computadores.

A responsável desvalorizou a exclusão deste concurso, que implicará a chegada tardia de mais «Magalhães» às ilhas. «O ano passado também não fomos dos primeiros a receber. Mesmo no Continente, as entregas têm fases distintas», frisou.

O tvi24.pt tentou, ao longo do dia, obter uma resposta do ministério da Educação, mas até ao momento não foi possível.

O concurso público internacional para fornecimento de 250 mil novos computadores portáteis do programa e-Escolinhas já está aberto e várias empresas já se mostraram interessadas.

publicado por Alberto Pita às 22:39

pesquisar neste blog
 
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12
14
15

17
18
19
20
22

24
26
27
30

31


mais sobre mim