15
Jun 10

 

Ainda não foi desta que Cristiano Ronaldo marcou, mas atirou uma bola ao poste e jogou o suficiente para ser eleito o melhor em campo no jogo de estreia de Portugal, frente à Costa do Marfim. A partida terminou sem golos.

Num jogo muito intenso e complicado, a equipa nacional sentiu fortes dificuldades para impor o ritmo e para se aproximar com perigo da baliza da equipa africana.
A excepção, durante a primeira parte, foi um remate-bomba de Cristiano Ronaldo aos 11 minutos. A bola saiu forte e fora do alcance do guarda-redes, mas acabou por caprichosamente bater no poste e afastar-se da baliza.
Mais fortes fisicamente e debaixo de chuva intensa, os costa-marfinenses acabaram por ser, durante todo o resto da primeira parte, a equipa mais perigosa. Gervinho, ora pela esquerda ora pela direita, espalhava preocupação na defesa nacional, mas sempre sem forçar Eduardo a defesas apertadas.
Com Danny desinspirado e com os defesas laterais muito presos às acções defensivas, só na segunda-parte, com a entrada de Simão, Portugal conseguiu assumir o comando do jogo. Com o avançado do At. Madrid em campo a equipa nacional acercou-se mais vezes da baliza da Costa do Marfim.
Apesar da melhor resposta dada na segunda-parte, Portugal acabou o jogo debaixo de intensa pressão, com a Costa do Marfim à procura do golo.

Texto: Autoria do MaisFutebol e A Bola

publicado por Alberto Pita às 17:56

pesquisar neste blog
 
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
16
17
18

20
21
22
23
24
25
26

28
29


mais sobre mim