02
Dez 08
Qual estrela de "rock" ou de cinema, Cristiano Ronaldo, um dos maiores futebolistas à escala planetária, 
move-se entre fãs que procuram um autógrafo a todo o custo, mas tem 
na família o principal pilar.
Fora dos relvados, onde é "rei", os "paparazzi" perseguem-no à 
procura da nova conquista amorosa, num currículo onde já passaram 
Merche Romero e Nereida - as únicas que Ronaldo oficializou e que 
mereceram a "bênção" da mãe Maria Dolores.
Ambas tiveram o privilégio de acompanhar o "craque" nas férias 
familiares, em faustosos iates, para gáudio das revistas cor-de-rosa 
mundiais que registaram os momentos mais íntimos dos "namorados".
Pelo clã Aveiro, Ronaldo faz tudo. À irmã mais nova, Kátia, 
proporcionou o sonho de se lançar no mundo das canções - adoptou o 
nome artístico de Ronalda -, e a Elma, a mais velha, montou uma loja 
na zona hoteleira do Funchal com a sua própria marca CR7.
O jovem de 23 anos, que tem no irmão Hugo e no ex-cunhado José 
Pereira os "braços-direitos", já presenteou também a família com 
várias moradias, no Funchal, terra Natal, e comprou um andar no 
Parque das Nações, onde a família se reúne amiúde, além da mansão 
inglesa nos arredores de Manchester.
Este ano, já inaugurou uma segunda loja com a sua marca CR7, no 
Parque das Nações, em Lisboa, que ficou a cargo da irmã Kátia.
São as irmãs, Kátia e Elma e a mãe, que vive entre dois países, 
Portugal e Inglaterra, que defendem o jogador nas revistas quando 
surge mais um "rumor desagradável" ou que dão o aval, ou não, às 
suas conquistas amorosas.
O jogador move-se num mundo de "glamour", sendo-lhe conhecido o 
fascínio por automóveis de topo de gama, roupa de marca e a 
organização de grandes festas na mansão inglesa.
E foi a distância da família que quase levou Cristiano Ronaldo a 
desistir da "aventura" pelo Continente, quando os sacrifícios eram 
maiores que os proveitos, e a abandonar o Sporting, clube que o 
projectou para o futebol internacional. 
Os primeiros tempos em Lisboa foram penosos para o jovem de 11 anos 
que se viu de repente longe da família. Com uma adaptação difícil à 
nova vida, por diversas vezes o craque pediu à mãe, Maria Dolores, 
para regressar à Madeira.
No entanto, os sacrifícios por que passou durante a sua carreira de 
cerca de seis anos como profissional ao mais alto nível valeram-lhe 
já diversos títulos e hoje foi agraciado com a Bola de Ouro.
Se no início do sonho futebolístico não tinha a família do seu lado, 
as coisas mudaram sobretudo após a morte do pai, Dinis Aveiro, a 06 
de Setembro de 2005, véspera do Rússia- Portugal.
Ronaldo entrou em campo e, apesar do jogo ter terminado empatado a 
zero golos, o jogador madeirense foi considerado o melhor em campo 
no Estádio Lokomotiv, em Moscovo, apesar do drama que vivia.
Os tempos seguintes foram duros, confessou, posteriormente, em 
entrevista. Durante cerca de três meses o mundo pareceu ruir à sua 
volta:
Foi interrogado, sob suspeita de participação na violação de duas 
raparigas em Inglaterra. Envolveu-se numa calorosa discussão com o 
companheiro de equipa holandês Ruud van Nistelroy e em Lisboa, no 
Estádio da Luz, esticou o dedo médio aos adeptos do Benfica, ao ser 
substituído no jogo da Liga dos Campeões, que terminou com a vitória 
dos "encarnados" por 2-1.
Apesar de toda a situação que vivia, Ronaldo esclareceu que "nunca 
esteve mesmo a desabar", sabia que era uma fase má e, para a 
ultrapassar, o apoio da família foi essencial.
Foi então que à volta do jovem craque se ergueu uma fortaleza 
familiar que hoje o acompanha para o bem e para o mal.
Depois de uma infância difícil, num ambiente familiar onde o 
dinheiro não imperava, Ronaldo passou para o extremo oposto quanto 
rubricou, em 2003, um contrato milionário com o Manchester United.
Fonte: Texto da autoria integral da Agência Lusa
publicado por Alberto Pita às 15:55

11
Set 08
Já chegou ao Funchal a Bota de Ouro, que no próximo sábado será entregue ao madeirense Cristiano Ronaldo, por ter sido o melhor marcador europeu na última temporada. 
A cerimónia irá decorrer no hotel Savoy e o momento, segundo o Jornal da Madeira, irá reunir várias estrelas do futebol, nomeadamente Michel Platini, presidente da UEFA, e os antigos jogadores Eusébio e Fernando Gomes, também eles distinguidos no passado com este troféu.
O presidente da Federação Portuguesa Gilberto Madaíl e o presidente da Liga Hermínio Loureiro, são outras presenças asseguradas.

Fonte: JM

publicado por Alberto Pita às 21:29

07
Ago 08
O madeirense Cristiano Ronaldo privilegiou a sua terra natal na hora de escolher o local onde lhe será entregue o troféu que é outorgado pela UEFA todos os anos ao melhor marcador dos campeonatos europeus.
O “craque” fez valer a permissa que lhe confere poder de escolha.
O local onde irá ter lugar a gala já foi escolhido, será na sala de congressos do Casino da Madeira. Quanto à data ainda não há confirmação, mas tudo indica que será no final deste mês.
publicado por Alberto Pita às 13:26

19
Jun 08

 

 

publicado por Alberto Pita às 23:59

21
Mai 08

O Manchester United é o novo campeão da Europa, num jogo onde Cristiano Ronaldo esteve em evidência pelo melhor e pelo pior.

O jogador madeirense marcou um magnífico golo de cabeça aos 26 minutos, que pôs os 'red devils' à frente do Chelsea, na final da Liga dos Campeões que há pouco terminou na capital russa.

No final da primeira parte, aos 45 minutos, o Chelsea empatou o jogo, remetendo para a segunda parte a decisão do jogo.

Na segunda metade, o Chelsea entrou mais forte no jogo, acertando com a bola no poste e na trave da equipa adversária, mas nunca conseguiu mandar o esférico para o fundo das redes.

O Manchester United respondeu e, não fosse uma impecável cabeçada de Terri, e teria marcado.

Mas no placar permanecia 1 - 1, o que fez o jogo seguir para prolongamento, onde uma vez mais não houve golos.

Entrou-se então nas grandes penalidades.

Cristiano Ronaldo, a marcar em terceiro lugar, falhou a grande penalidade - o que lhe pode vir a custar muito caro na avaliação de melhor jogador do Mundo.

Mas verdadeiramente dramático foi assistir ao falhanço incrível de Terry, que errou quando todos pensavam que o Chelsea seria pela primeira vez o vencedor da Liga dos Campeões.

Dois remates depois, o guarda-redes do Man United defendeu um penalti dando a vitória à equipa.

Neste momento, os jogadores ainda fazem a festa no estádio de Moscovo, mas já na sexta-feira os portugueses deverão ingressar na Selecção Nacional.

publicado por Alberto Pita às 22:37

29
Abr 08

Tal como o ano passado, Cristiano Ronaldo voltou a receber o prémio de Melhor Jogador de Futebol da Liga Inglesa.

O jogador madeirense tem hoje novos motivos para sorrir depois de há pouco a sua equipa, o Manchester United, ter sido apurada para a final da Liga dos Campeões, com um golo solitário dos 'red devils' aos 14 minutos ante o Barcelona.

publicado por Alberto Pita às 23:33

16
Abr 08

Aquele que é considerado internacionalmente por muitos o melhor jogador de futebol do Mundo na actualidade, Cristiano Ronaldo, atleta do Manchester United, admitiu em declarações à Lusa a disponilidade para investir na sua cidade natal, o Funchal.

«Sim, claro que sim. Neste momento tenho alguns projectos a decorrer no Porto Santo, vamos ver se o Funchal será o próximo objectivo», disse.

O grande talento do futebol mundial, Cristiano Ronaldo Santos Aveiro, nasceu em 05 de Fevereiro de 1985 e cresceu na freguesia de Santo António, no Funchal, cidade que este ano comemora os seus 500 anos.

Fonte: Agência Lusa

publicado por Alberto Pita às 11:43

09
Set 07

Portugal voltou a empatar num jogo para a qualificação do próximo Europeu de Futebol, desta vez a duas bolas ante a Polónia.

Apesar do fantástico golo de Cristiano Ronaldo, que colocou a selecção portuguesa a vencer pela primeira vez no jogo, os polacos não baixaram os braços e mesmo no final do jogo marcaram o golo do empate.

publicado por Alberto Pita às 00:32

02
Set 07

O madeirense Cristiano Ronaldo organizou uma orgia com cinco prostitutas em sua casa, nos arredores da cidade sede do seu clube, segundo o jornal inglês The Sun.

O história vem hoje contada na edição online do semanário português Sol.

De acordo com o publicado por este semanário, «as prostitutas terão afirmado que viajaram cerca de 95 quilómetros de táxi apenas para participar na ‘festa’, dada pelo jogador para comemorar a vitória do Manchester United sobre o Tottenham, a primeira no campeonato inglês».

Segundo o The Sun, «as raparigas passaram aproximadamente seis horas na companhia de Cristiano Ronaldo e dos seus companheiros de clube Anderson e Nani, além de outros amigos que se divertiam à beira da piscina», cita o Sol.

O ‘evento’ terá terminado às 5h da manhã, quando um dos convidados disse às prostitutas que se fossem embora porque Cristiano Ronaldo estava cansado e queria dormir.

Há dois anos, o jogador português, avaliado em 40 milhões de euros, foi falsamente acusado de violar uma prostituta, após ter relações sexuais com ela num quarto do luxuoso Hotel Sanderson, em Londres.

Fonte: Sol

publicado por Alberto Pita às 23:22

06
Ago 07

No renovado Estádio de Wembley, o treinador português do Chelsea, José Mourinho, voltou a falhar pelo segundo ano consecutivo o primeiro troféu da temporada inglesa, depois de em 2006 ter perdido frente ao Liverpool por 2-1.
Com Ricardo Carvalho e Cristiano Ronaldo titulares nos "blues" e nos "red devils", respectivamente, o encontro ficou ainda marcado pela estreia oficial com a camisola do Manchester United de Nani, que entrou aos 66 minutos, para o lugar de Mikael Silvestre.
O Manchester United foi a primeira equipa a criar algum perigo, quando, aos 20 minutos, Giggs apareceu soltou na área e obrigou Petr Cech a boa defesa. Quinze minutos depois, o galês deu mesmo vantagem aos detentores do título inglês, ao finalizar com êxito uma boa jogada na esquerda entre o francês Patrice Evra e Cristiano Ronaldo.
Quando parecia que a equipa de Alex Ferguson estava mais perto de chegar ao segundo golo, o reforço dos "blues" Malouda, em jogada individual, ultrapassou Rio Ferdinand e ofereceu o empate a José Mourinho, no último minuto da primeira parte.
No regresso dos balneários, Cristiano Ronaldo, que se apresentou em boa forma, forçou o guarda checo do Chelsea a voar para uma boa defesa, depois de jogada do português dentro da área.Apesar de mostrar alguma superioridade frente a um Chelsea ainda em baixo de forma, o resultado não mais se alterou e no final, foi Van der Sar quem desequilibrou na marcação das grandes penalidades.

Fonte: Agência Lusa

publicado por Alberto Pita às 22:52

pesquisar neste blog
 
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


mais sobre mim