15
Nov 08

Amanhã, dia 16, o jornal Metro vai ser distribuído, pela primeira vez, na Madeira.

No total, o gratuito vai distribuir cerca de quatro mil exemplares no âmbito do 11º Congresso Nacional de Oncologia e do 7º Congresso Nacional de Enfermagem Oncológica, eventos que decorrem no Funchal desde o próximo sábado até dia 18.  

Esta edição especial do Metro, que vai ser impressa numa gráfica local, vai focar-se nas temáticas de saúde que aqueles congressos vão abordar.

Mas a par da vertente profissional, o jornal também irá incluir informações relativas a espaços de lazer através de um roteiro os para tempos livres dos congressistas.
«Resolvemos apoiar o Congresso na Madeira e com esta experiência podemos abrir portas a novas oportunidades», explicou Tiago Bugarin director-geral do jornal.

publicado por Alberto Pita às 12:59

16
Jul 08

A Direcção Regional da Madeira do Sindicato dos Jornalistas informa todos os sócios que a sua sede estará encerrada entre os dias 21 de Julho e 26 de Agosto de 2008, por motivo de férias da funcionária.

Fonte: Sindicato dos Jornalistas

publicado por Alberto Pita às 22:18

25
Fev 08
Em 2007, a Associação de Promoção da Madeira, em colaboração com a Direcção Regional de Turismo, as Agências de Relações Públicas, e as delegações do ICEP, organizou e apoiou a visita à Madeira e ao Porto Santo, de 355 jornalistas estrangeiros, que originaram até ao momento a publicação de 147 reportagens turísticas em jornais e revistas de 14 países europeus.
Adicionalmente, foram publicados 141 artigos, como resultado de notas de imprensa enviadas para diversas publicações. As 147 reportagens que resultaram das visitas efectuadas pela imprensa internacional à Madeira têm, segundo o comunicado da Associação de Promoção da Madeira, um valor comercial superior a 4 milhões de euros (o valor do orçamento total da Associação de Promoção para 2008), medidos em publicidade equivalente às páginas publicadas.
Fonte: Site Turisver
publicado por Alberto Pita às 19:00

30
Out 07

O Sindicato dos Jornalistas apela à participação de toda a classe no Dia Europeu dos Direitos dos Jornalistas, que se assinala a 5 de Novembro como jornada de luta por melhores condições laborais e um jornalismo condigno.

Mais sobre o assunto em: http://www.jornalistas.eu/noticia.asp?id=6143&idCanal=3
Fonte: Sindicato dos Jornalistas

publicado por Alberto Pita às 20:46

O próximo jantar mensal de jornalistas madeirenses irá realizar-se no dia 2 de Novembro, pelas 20h30, no Restaurante "Sun City", na zona do Lido, no Funchal.

O convidado deste mês é o secretário regional do Ambiente e Recursos Naturais, Manuel António Correia. O custo da refeição (completíssima) é 25 euros.

Aproveitem!

(Este texto pretende ser uma pequena ajuda à Sofia Lacerda lol, que, coitada, não pára de se preocupar com este jantar)

publicado por Alberto Pita às 20:40

23
Out 07

Com o fim dos benefícios na saúde, o Sindicato dos Jornalistas da Madeira está a encontrar formas de compensar as perdas.

Neste sentido, já celebrou um acordo com o grupo «J. Melim - Oculista Central» para que os seus sócios e familiares directos (cônjuge e filhos) possam beneficiar de descontos na aquisição de artigos ópticos.

Ainda que muito aquém dos que os jornalistas beneficiavam através da sua Caixa (o regime apenas permanece nos Açores), o sindicato conseguiu os seguintes descontos:

* Armações de óculos -20%
* Lentes de óculos -20%
* Óculos de sol -15%
* Lentes de contacto -10%
* Produtos de lentes de contacto -5%
* Binóculos, telescópios -10%
* Aparelhos de precisão (mierómetros, barómetros, termómetros) -10%

Para ter acesso a estes benefícios, é necessário apresentar, no acto de compra, o cartão de sócio do SJ com a vinheta do ano em curso (2007). O grupo "J. Melim - Oculista Central" tem presentemente sete lojas:

FUNCHAL
- Sede - Rua Elias Garcia - CC Elias Garcia II Loja 2 (tel. 291281366)
- Rua de João Tavira n.º 29 (tel. 291223496)
- Rua de João Tavira n.º 12 A (tel. 291282226)
- Rua do Carmo n.º 19 (291225279)
- Avenida Arriaga, Edif. Arriaga 42 C, no andar acima da Loja do Cidadão (tel. 291281612).
PORTO SANTO
- Rua Maximiano de Sousa 1 (tel. 291982897)

Fonte: Sindicato dos Jornalistas da Madeira

publicado por Alberto Pita às 22:42

18
Out 07

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) voltou a pedir ao Presidente da República que não promulgue o novo Estatuto do Jornalista e que promova a apreciação preventiva da constitucionalidade de várias normas. A nova exposição é acompanhada de um parecer do constitucionalista Jorge Miranda, que apoia as teses do SJ sobre a violação de direitos e garantias fundamentais contidas no novo diploma.

Fonte: Sindicato dos Jornalistas

publicado por Alberto Pita às 21:13

O Sindicato dos Jornalistas tem um novo endereço electrónico. Consulte-o agora a partir de www.jornalistas.eu

Saiba a razão da mudança em: http://www.jornalistas.eu/noticia.asp?id=6122&idselect=87&idCanal=87&p=0

publicado por Alberto Pita às 19:43

15
Out 07

O governo dinamarquês decidiu excluir da sua proposta de alteração à Lei de Direitos de Autor quaisquer transferências automáticas de direitos do pessoal contratado para os empregadores.

A decisão foi saudada pela Federação Internacional de Jornalistas (FIJ) e pela Federação Europeia de Jornalistas (FEJ).

Fonte: Sindicato dos Jornalistas

publicado por Alberto Pita às 17:31

02
Out 07
Segue-se um texto do Sindicato dos Jornalistas a propósito da cobertura dada ao caso McCann:
«O Conselho Deontológico do Sindicato dos Jornalistas (CD) emitiu uma recomendação às direcções dos órgãos de comunicação social e aos jornalistas a propósito da cobertura do caso Madeleine McCann, para que alguns erros que foram cometidos neste processo sejam evitados em situações futuras.
Na sua recomendação, o CD relembra que “o uso de fontes anónimas não desresponsabiliza o jornalista; pelo contrário, obriga-o a um redobrado cuidado, pois em caso de a informação se revelar falsa será a credibilidade do jornalista e do seu órgão de comunicação social que está em causa. E não apenas em relação a esse trabalho.”
A estrutura deontológica recomenda assim que se evitem notícias que privilegiem as audiências em detrimento da verdade factual e em que a especulação vença o rigor, que se sigam critérios muito rigorosos para o uso de fontes anónimas e que se promova a pronta rectificação de informações que se revelem inexactas ou falsas, conforme o n.º 5 do Código Deontológico.
A recomendação apela ainda a que os jornalistas tenham um especial cuidado no tratamento da informação, procurando apoio de especialistas externos e independentes que os possam elucidar sobre matérias de elevada complexidade e que exijam conhecimentos científicos e jurídicos, levem em consideração o direito à privacidade de eventuais suspeitos, arguidos ou réus e analisem os eventuais atropelos à deontologia ocorridos neste caso para que os mesmos não se repitam».
publicado por Alberto Pita às 01:12

pesquisar neste blog
 
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


mais sobre mim