05
Nov 07

O presidente do MPT-M, João Isidoro, negou que o seu partido tenha incorrido em «falta de lealdade» com o PS-M, que no sábado anunciou o corte de relações institucionais entre os dois partidos.

Na base da decisão do PS-M está o facto do MPT-M ter apresentado na Assembleia Legislativa da Madeira uma proposta alegadamente idêntica ao documento que os socialistas colocaram à consideração de todas as forças políticas, que visava exigir mais meios para os serviços do Ministério da Justiça na Região.

publicado por Alberto Pita às 20:43
tags: , ,

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


pesquisar neste blog
 
Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

16

19

29


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores

subscrever feeds