30
Nov 07
O Governo aprovou esta quinta-feira um decreto-lei que prorroga o regime fiscal especial aplicável às empresas que se licenciem na Zona Franca da Madeira até 2013, mantendo «o essencial» do regime anterior.

O decreto-lei consagra no Estatuto dos Benefícios Fiscais «uma prorrogação do regime fiscal especial aplicável às entidades licenciadas para operar na Zona Franca da Madeira, de 1 de Janeiro de 2007 a 31 de Dezembro de 2013, considerando a prorrogação do regime de auxílios estatais recentemente autorizada pela Comissão Europeia», refere a resolução do conselho de ministros.

O regime «mantém no essencial as linhas estruturantes do regime anterior», fixando «um regime regressivo, com a tributação a taxas reduzidas de IRC», de 3 por cento de 2007 a 2009, de 4 por cento nos anos de 2010 a 2012 e de 5 por cento de 2013 a 2020.

O diploma prevê a aplicação de «plafonds máximos ao benefício fiscal em sede de IRC em função do contributo para a criação de postos de trabalho».

As empresas já instaladas na Zona Franca da Madeira beneficiam do regime a partir de 2012, refere a resolução.

Fonte: Diário Digital

publicado por Alberto Pita às 19:36

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


pesquisar neste blog
 
Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

16

19

29


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores

subscrever feeds