25
Jan 08

O Sindicato dos Técnicos de Handling dos Aeroportos (STHA) e o Ministério do Trabalho chegaram hoje a acordo sobre os serviços mínimos garantidos para a greve de 1 a 4 de Fevereiro, disse fonte sindicado.

Em declarações à Lusa, André Teives, do STHA, disse que durante os quatro dias de greve serão garantidas quatro ligações diárias Lisboa-Funchal, duas ligações diárias Lisboa-Ponta Delgada e um voo diário entre Lisboa e a Terceira.

Serão também asseguradas uma ligação diária entre o Funchal e Porto Santo, entre o Porto e o Funchal e entre o Porto e Ponta Delgada.

A greve, que terá início às 00:00 do dia 1 de Fevereiro, será extensível aos aeroportos de Lisboa, Porto, Faro, Funchal e Porto Santo, sendo previsível o aumento no tempo de espera da entrega das bagagens, longas filas para o check-in e o cancelamento de voos.

Os trabalhadores da empresa de assistência em terra Groundforce protestam contra a passagem de três serviços da empresa para a tutela da TAP, exigindo a reintegração dos 2.900 trabalhadores da Groundforce na TAP e a anulação da privatização da unidade de negócios de handling, que teve lugar em 2003.

Em resposta, o administrador-delegado da Groundforce, apelou ao "bom senso", afirmando que a paralisação terá um "efeito devastador".

Fonte: Observatório do Algarve

publicado por Alberto Pita às 19:47

pesquisar neste blog
 
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
17

21

27


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores