29
Jan 08

No passado dia 22 de Janeiro, os madeirenses foram surpreendidos pela notícia do furto de um computador portátil da sala de uma juíza do Tribunal Judicial do Funchal.

Hoje, o Jornal da Madeira conta quem é assaltante que teve o 'descaramento' de entrar na sala da juíza. 

Pelo que escreve o jornal, uma coisa é segura: o homem não é novato neste ramo.

Diz o JM que «o homem que subtraiu um computador portátil do gabinete de uma juíza no Tribunal Judicial do Funchal foi, ontem de manhã, apanhado nas imediações deste edifício por um elemento da PSP de Câmara de Lobos que, à civil, se deslocava ao tribunal em diligências».
Segundo informaram ao Jornal testemunhas que se encontravam nas proximidades e que conheciam quer o agente, quer o suspeito, «o polícia reconheceu o assaltante e pediu apoio à Polícia Judiciária, que ajudou a apanhar o indivíduo».
«O homem, que já era também suspeito de ter assaltado uma cidadã holandesa no Beco da Pedra Mole, dois dias depois do roubo do portátil, foi conduzido ao Tribunal e identificado, tendo depois sido posto em liberdade», escreve o mesmo matutino.
Mas, o mais surpreendente, continua o jornal, «é que o indivíduo não perdeu tempo, tendo, horas mais tarde, sido apanhado na baixa de Câmara de Lobos, onde voltava a roubar, desta vez uma carteira a um homem».
«De salientar que por volta da hora a que o indivíduo foi apanhado junto ao Tribunal do Funchal, a PJ recuperou o computador roubado, o qual já se encontrava nas mãos de terceiros. O equipamento já foi devolvido à juíza proprietária, seguindo-se agora as formalidades normais do processo», diz o JM.

publicado por Alberto Pita às 21:31

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


pesquisar neste blog
 
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
17

21

27


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores

subscrever feeds