13
Abr 08

O Presidente da República inicia esta segunda-feira uma visita de seis dias à Madeira, cumprindo um programa que exclui uma sessão solene na Assembleia Legislativa.

Alberto João Jardim considera que Cavaco Silva evita, assim, “um bando de loucos”.

Cavaco Silva desloca-se esta semana à Madeira naquela que é a sua primeira visita oficial a esta Região Autónoma.
Até ao próximo sábado, o Presidente da República repartirá a sua agenda por todos os concelhos da Madeira.
Entre os muitos actos oficiais a cumprir pelo Chefe de Estado está previsto um jantar no Parlamento madeirense. Porém, não haverá qualquer sessão solene, uma decisão que os partidos da oposição na Região Autónoma dizem coarctar a possibilidade de expressar, em tribuna parlamentar, os seus pontos de vista face à situação política.
Já Alberto João Jardim prefere fazer uso da ironia para aplaudir a decisão de excluir a sessão solene da agenda de Cavaco.
Referindo-se à oposição, o presidente do Governo Regional considerou que a cerimónia no Parlamento daria uma imagem negativa da Madeira, ao «mostrar o bando de loucos que está dentro da Assembleia Legislativa».
publicado por Alberto Pita às 19:31

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


pesquisar neste blog
 
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

15
18
19


30


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores

subscrever feeds