25
Abr 08

Os passageiros que adquirem viagens aéreas entre a Madeira e o Continente em cima da hora estão descontentes com os preços que a liberalização trouxe ao mercado, disse, ontem, o delegado regional da APAVT, João Welsh.

Esse descontentamento deve-se, segundo explicou o delegado regional da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), ao facto das tarifas aéreas feitas na hora, agora não sujeitas às obrigações de serviço público, estarem a ser comercializadas em valores superiores aos que vigoravam no anterior regime (antes da liberalização) apesar da campanha promocional em curso da TAP: «você voa, o seu dinheiro não, 71 euros Lisboa e Porto».

publicado por Alberto Pita às 21:49

pesquisar neste blog
 
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

15
18
19


30


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores