08
Ago 07

Alberto João Jardim já recebeu o cheque de 35 mil euros que o actual presidente do PS-Madeira, João Carlos Gouveia, teve de pagar depois de ter perdido o processo em tribunal interposto pelo presidente do Governo Regional.

Jardim queixou-se à Justiça devido às declarações «difamatórias» de João Carlos Gouveia. Na altura, Gouveia acusou Jardim da colocação de bombas, participação em crimes terroristas e envolvimento em esquemas de corrupção.

O actual líder socialista na Madeira perdeu o processo em tribunal e teve de recorrer a um empréstimo bancário para pagar a indemnização.

Os jornais hoje explicam que o presidente do Governo Regional recebeu o cheque de 35 mil euros e que fez um despacho, no qual a verba é endossada aos cofres do Governo Regional.

Depois de a ela serem deduzidas as despesas com o processo que culminou com a condenação de João Carlos Gouveia, o remanescente será enviado como subsídio, nos termos legais, à Instituição Particular de Solidariedade Social “Associação protectora dos Pobres”.

publicado por Alberto Pita às 22:19

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


pesquisar neste blog
 
Agosto 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10



26


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores

subscrever feeds