06
Jul 08

Alberto João Jardim garantiu que este será o seu último mandato à frente dos destinos da Madeira e já poucos duvidam que, desta vez, o líder madeirense falte à palavra. Mas, entretanto, surgiu um outro cenário.
A hipótese de abandonar a presidência do Governo Regional antes das eleições regionais de 2011 encontra-se de facto em cima da mesa. O mesmo acontece com a possibilidade de em 2010 poder assumir, pela primeira vez, o seu mandato na Assembleia da República, numa altura em que a revisão constitucional estará na ordem do dia. Essa passagem por São Bento serviria para testar o sucessor.
Guilherme Silva, deputado do PSD/Madeira na Assembleia da República (AR), não se surpreende. Mas sublinha: «É uma decisão que terá de partir dele e não sei se a tomará! Ele nunca o fez. Alberto João Jardim já disse que mantinha a mesma lista de deputados para 2009 [que o líder madeirense encabeça]. Portanto, da nossa parte, se tal vier a acontecer, será um reforço importantíssimo para todos nós.»

Mas antes das grandes opções políticas há que esperar pelos resultados das eleições legislativas nacionais.

Jardim esteve quase a candidatar-se à liderança do partido e não tenciona perdoar derrotas. Até lá, suspendem-se as divergências.
Fonte: Texto da autoria integral do Diário de Notícias de Lisboa

publicado por Alberto Pita às 21:20

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


pesquisar neste blog
 
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

13

21

27
29


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores

subscrever feeds