08
Jul 08

O Governo Regional da Madeira vai investir 85 milhões de euros na construção de um terminal de gás natural liquefeito para produção de energia eléctrica e diminuir a dependência do fuelóleo, anunciou hoje o vice-presidente, João Cunha e Silva.

O terminal ficará situado na zona dos Socorridos e compreenderá uma plataforma (15.000 metros quadrados), um reservatório (20.000 metros cúbicos), bombas, compressores, vaporizadores, bóias de amarração, pipeline submarino e um cais de acostagem de 400 metros.

O seu objectivo prioritário é superar as metas da União Europeia definidas para 2020 – garantir que 20 por cento da energia provenha de fontes renováveis (a Madeira espera ultrapassar essa fasquia já em 2013 com 25,4 por cento); reduzir em 20 por cento as emissões de gases com efeito de estufa face a 1990 e aumentara eficiência energética em 20 por cento.

A Empresa de Electricidade da Madeira espera que em 2012, dos actuais cerca de 950 gigawats/hora (GWH), 337 sejam já derivados do gás natural e a meta é que essa correspondência seja, em 2032, de 275 GWH de fuelóleo contra 1.410 GWH.

Fonte: Dinheiro Digital

publicado por Alberto Pita às 22:15

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


pesquisar neste blog
 
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

13

21

27
29


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores

subscrever feeds