30
Jul 08

O Produto Interno Bruto per capita nacional passou de 8,5 milhares de euros em 1995, para 14,7 em 2006, ou seja mais 73%, em valor.
As Regiões Autónomas são as que registaram evolução mais favorável dos índices per capita. Mas, conforme sublinham os dados do INE, o aumento do índice dos Açores foi insuficiente para ultrapassar a média do País, a RAM apresentava, em 2006, um índice superior à média nacional. Também Lisboa e Algarve tinham registos superiores à média.
Em relação ao PIB europeu, o INE regista a evolução extremamente positiva da RAM.
Por outro lado, o PIB madeirense, em percentagem, só é suplantado pelo de Lisboa. Aliás, só havia, em 2006, três regiões com média superior à nacional: Lisboa, com 140%, a Madeira com 128%, e o Algarve com 106%. O PIB dos Alentejo era de 95%, Açores ficava-se pelos 90% da média nacional, o Centro pelos 85% e o Norte pelos 80%.
Refira-se que em 1995 o PIB da Madeira era de 89% e o dos Açores de 79%. Agora, a diferença entre os dois arquipélagos acentuou-se, passando de dez para 38 pontos percentuais.
Fonte: JM

publicado por Alberto Pita às 01:49

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


pesquisar neste blog
 
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

13

21

27
29


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores

subscrever feeds