29
Set 08

O presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim, foi hoje condenado pelo Tribunal Judicial do Funchal a pagar uma indemnização de 20 mil euros à eurodeputada Edite Estrela.

Os factos remontam a Abril de 2004, por ocasião das eleições para o Parlamento Europeu, quando numa visita em campanha eleitoral à Madeira, Edite Estrela terá afirmado que a política do Governo Regional era de «betão» e que «esquecia as pessoas».

A esta crítica, o presidente do Governo Regional ripostou dizendo que se tratava de «uma peixarada».

O Tribunal considerou que o governante madeirense «excedeu na crítica política» e condenou Alberto João Jardim a uma indemnização a título de danos pessoais de 20 mil euros.

O presidente do Governo Regional, à margem da inauguração da praia artificial de areia amarela em Machico, um investimento de três milhões de euros, revelou à comunicação social que vai recorrer da sentença: «vou recorrer da decisão».

«Quando se trata de membros do governo regional que são injuriados ou difamados a indemnização é mil, dois ou cinco mil euros quando é ao contrário não bate certo», disse.

«Como recorri desta decisão de um Tribunal da República na cidade do Funchal obviamente não vou comentar da decisão», finalizou.

Fonte: Texto das autoria integral da Agência Lusa

publicado por Alberto Pita às 16:57

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


pesquisar neste blog
 
Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


25
26



mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores

subscrever feeds