11
Nov 08

Miguel Mendonça defende que ele ou quem no futuro o substituir no cargo deve ter poderes para suspender de funções um deputado. De acordo com a actual lei, o presidente da Assembleia legislativa da Madeira não podia ter impedido a entrada no parlamento regional do deputado do PND, que exibiu uma bandeira nazi.

A actual lei não o permite, por isso, o presidente da Assembleia legislativa da Madeira garante que vai pressionar o Chefe de Estado.

No entanto, Miguel Mendonça considera que devia ter essa competência e, por isso, garante que vai contactar poderes superiores para que a lei seja alterada.

«Vou pressionar para que haja uma cobertura da nova legislação que preveja situações deste tipo e vou começar por cima, pelo Presidente da República», adianta Miguel Mendonça.

O Partido da Nova Democracia (PND) já avançou que vai processar o presidente da Assembleia legislativa da Madeira, por este ter impedido o deputado do PND de entrar no parlamento regional.

A lei prevê que possa ser condenado a uma pena de prisão, mas Miguel Mendonça garante que está tranquilo.

Miguel Mendonça disse ainda à TSF que as sessões plenárias na Madeira serão retomadas na próxima quinta-feira.

Fonte: Texto da autoria integral da TSF

publicado por Alberto Pita às 11:05

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


pesquisar neste blog
 
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9

18
21

26
28

30


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores

subscrever feeds