01
Fev 09

O presidente do governo regional da Madeira e do PSD/M, Alberto João Jardim, questionou hoje o Presidente da República, Cavaco Silva, acerca do "roubo que está sendo feito à Madeira por este governo de Sócrates".

"Senhor Presidente, se for para aplicar as leis nós estamos a ser prejudicados, estamos a ser discriminados ", afirmou, perante cerca de um milhar de apoiantes.

"Senhor Presidente, está a ver o que se passa na Madeira, a ser roubada, a discriminação contra os madeirenses. Está a ver que é muito mais difícil promulgar uma lei da Madeira em relação a uma lei dos Açores?", questionou.

"Fazem leis em Lisboa para fechar o Jornal da Madeira, porque eles só querem jornais comunistas", acrescentou o dirigente social-democrata, que se dirigiu indirectamente ao primeiro-ministro no processo Freeport.

Jardim disse que"agora é tempo do grande combate contra Sócrates", afirmando que "Deus não castiga nem com pau nem com pedra".

Fonte: Lusa/Expresso

publicado por Alberto Pita às 21:59

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

18
20

23
24
28


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores

subscrever feeds