02
Mai 09

Alberto João Jardim gastou, em 2008, mais de meio milhão de euros em viagens classificadas de secretas. Os dados constam da auditoria feita pelo Tribunal de Contas à presidência do Governo Regional da Madeira.

No relatório, o Tribunal de Contas lembra que este procedimento deve ser usado em casos excepcionais, até porque envolve medidas especiais de segurança, avança a «Rádio Renascença».

No entanto, no contraditório, Jardim invoca a necessidade de acelerar o processo, razão indicada também para justificar o facto de todas as viagens serem adquiridas por ajuste directo a uma única agência de turismo.

Baltazar Aguiar, dirigente do Partido da Nova Democracia e antigo deputado do Parlamento regional, considera que, se não der explicações convincentes para tanto secretismo, a honestidade de Jardim ficará sob suspeita, como já acontece com vários outros membros do seu Governo.

Da parte do PCP, Edgar Silva critica, sobretudo, o montante gasto em viagens, quando se invoca a falta de verbas para o apoio social aos mais desfavorecidos. O PCP já pediu a presença de Alberto João Jardim no Parlamento regional para que este justifique as viagens.

Fonte: IOL

 

 

publicado por Alberto Pita às 17:35

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


pesquisar neste blog
 
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
16

20

25
26
29

31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores

subscrever feeds