29
Jun 09

O Grupo Parlamentar do PSD-Madeira acusou hoje o Governo nacional de estar a poupar dinheiro com a Lei de Finanças Regionais, ao transferir apenas 20 por cento do que a região gasta em saúde e educação.

Nas contas dos sociais-democratas madeirenses, feitas com base no exercício de 2007, a verba gasta anualmente pelo Estado com a educação e saúde deveria ser, se fosse feita uma distribuição per capita para a Madeira, de 495 milhões de euros na Madeira, mas «nesse mesmo ano apenas transferiu 139 milhões de euros», alertou o deputado Jaime Filipe Ramos.

«Mais de 350 milhões de euros não foram transferidos, caso o Estado tivesse assumido a sua responsabilidade e apenas gostaria de referir este aspecto para rebater aqueles que dizem que a Autonomia é despesista e prejudica as contas públicas nacionais, bem pelo contrário, traz poupanças ao país», concluiu.

De acordo com o PSD-Madeira, as reduções das transferências do Orçamento de Estado para a Região Autónoma da Madeira reduziram desde a entrada em vigor da LFR, em 2007. «Aos madeirenses já foram tirados cerca de 111 milhões de euros até agora e até 2014 totalizarão 400 milhões de euros», referiu o deputado.

publicado por Alberto Pita às 18:27

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


pesquisar neste blog
 
Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

14
17
19
20

21
22
23
26



mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores

subscrever feeds