16
Jul 09

O PSD da Madeira quer que a Constituição Portuguesa proíba o comunismo, tal como proíbe o fascismo. A Antena 1 Madeira teve acesso à proposta de lei de revisão constitucional que Alberto João Jardim vai defender no parlamento regional, na próxima quarta-feira. O líder do PSD da Madeira defende a extinção do comunismo por considerar que se trata de uma ideologia autoritária e totalitária. Na proposta de lei de revisão constitucional, o PSD/Madeira propõe ainda, por exemplo, a extinção do representante da República ou a existência de partidos regionais. Os laranjas esperam também que as próximas Legislativas sirvam para escutar o povo madeirense quanto ao alargamento das autonomias. A jornalista Daniela Maria resume o essencial da proposta social-democrata da Madeira.

 Fonte: RDP

publicado por Alberto Pita às 18:19

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


pesquisar neste blog
 
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
15
18

19
22
25

26


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores

subscrever feeds