11
Dez 09

A proposta do PSD para aumentar em até 79 milhões de euros a capacidade de endividamento da Madeira foi aprovada esta sexta-feira na Assembleia da República.

Os deputados social-democratas votaram, sozinhos, a favor desta alteração, que contou com os votos contra do Bloco de Esquerda e da abstenção dos restantes partidos.

O projecto inicial contava com uma proposta de alteração orçamental para que as regiões autónomas da Madeira e dos Açores pudessem contrair um endividamento de até 129 milhões de euros.

Este tecto foi hoje reduzido em 50 milhões de euros e cingido à região Autónoma da Madeira, no sentido de tentar seduzir os restantes partidos a votarem a favor.

A alteração de última hora fez com que estes partidos não chumbassem o projecto.

Note-se a abstenção dos deputados socialistas, uns minutos depois do ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, ter dito que recusava a pagar os desvarios da Madeira.

Lei será agora revista ao pormenor

Depois da aprovação na generalidade a revisão à Lei das Finanças Regionais vai baixar, agora, à Comissão de Orçamento e Finanças, um pedido feito por todos os grupos parlamentares, após a discussão em plenário.

Durante o debate da proposta de lei da Assembleia Legislativa da Madeira, deputados de todas as bancadas entregaram um requerimento a solicitar a baixa do diploma à comissão, pelo prazo de 20 dias, que foi aprovado por unanimidade.

Isto não sem antes o deputado social-democrata, Guilherme Silva, ter defendido a alteração legislativa acusando o Governo de «irresponsabilidade», custando-lhe a maioria absoluta.

publicado por Alberto Pita às 14:24

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


pesquisar neste blog
 
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
15
17
18

20
21
22
25

27
28
31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores

subscrever feeds