17
Jul 07

A Rádio Caracas Televisão (RCTV), o mais antigo canal de televisão privado da Venezuela, reapareceu hoje com emissões regulares na televisão por cabo e por satélite, 49 dias depois de ser impedida de emitir em sinal aberto.


À meia-noite do passado 27 de Maio, a RCTV apagou o seu sinal na sequência da decisão do presidente Hugo Chávez de não renovar a licença para transmitir em sinal aberto e de o Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela ordenar a entrega dos equipamentos de retransmissão à Tves, o novo canal do Estado venezuelano.
Com o nome de RCTV Internacional, o canal iniciou hoje a sua emissão, pelas 06:00 horas locais (11:00 horas em Lisboa), exibindo um leão em movimento (símbolo do canal) e retomando imagens dos momentos finais da RCTV, quando os trabalhadores cantavam o hino nacional da Venezuela, seguidas por uma mensagem do seu presidente.
Fazendo alusão às marchas de protesto feitas por variados sectores da sociedade venezuelana devido à não renovação da licença, o presidente do canal, Eládio Lares, instou os venezuelanos a "não desanimar" na luta "pelas liberdades".
"A Venezuela necessita de vocês mais do que nunca", disse.
Por outro lado, sublinhou a necessidade de "abrir uma janela" e "continuar a denunciar o encerramento por divergências de pensamento", garantindo que "a luta pela devolução de sinal aberto continuará".
Segundo o director-geral da RCTV, Daniel Bergami, o canal continuará a ter a mesma programação, apesar de ter tido que adaptar-se ao novo mercado.

Importa referir que a Venezuela é o país com + emigrantes madeirenses, sendo o seu número, numa estimava por baixo, próximo a 600 mil pessoas, entre emigrantes e lusodescendentes.

Fonte: Agência Lusa; Desenho: www

publicado por Alberto Pita às 12:28

pesquisar neste blog
 
Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13

19

25



mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores