23
Mar 10

Nos últimos dias, a TAP e o sindicato dos pilotos têm mantido algumas reuniões técnicas, sem grandes resultados.

A empresa e os pilotos falharam também um acordo na fixação dos serviços mínimos, mas os pilotos aceitam como excepção à greve, marcada para o período entre o dia 26 e o dia 1, manter os voos para a Madeira, por solidariedade.

Aproveitando esta disponibilidade, a TAP pretende assegurar os serviços mínimos para o arquipélago, como explica o porta-voz António Monteiro.

publicado por Alberto Pita às 23:11

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


pesquisar neste blog
 
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
20

21
22
24
25
27

29
30
31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores

subscrever feeds