15
Jun 10

 

Ainda não foi desta que Cristiano Ronaldo marcou, mas atirou uma bola ao poste e jogou o suficiente para ser eleito o melhor em campo no jogo de estreia de Portugal, frente à Costa do Marfim. A partida terminou sem golos.

Num jogo muito intenso e complicado, a equipa nacional sentiu fortes dificuldades para impor o ritmo e para se aproximar com perigo da baliza da equipa africana.
A excepção, durante a primeira parte, foi um remate-bomba de Cristiano Ronaldo aos 11 minutos. A bola saiu forte e fora do alcance do guarda-redes, mas acabou por caprichosamente bater no poste e afastar-se da baliza.
Mais fortes fisicamente e debaixo de chuva intensa, os costa-marfinenses acabaram por ser, durante todo o resto da primeira parte, a equipa mais perigosa. Gervinho, ora pela esquerda ora pela direita, espalhava preocupação na defesa nacional, mas sempre sem forçar Eduardo a defesas apertadas.
Com Danny desinspirado e com os defesas laterais muito presos às acções defensivas, só na segunda-parte, com a entrada de Simão, Portugal conseguiu assumir o comando do jogo. Com o avançado do At. Madrid em campo a equipa nacional acercou-se mais vezes da baliza da Costa do Marfim.
Apesar da melhor resposta dada na segunda-parte, Portugal acabou o jogo debaixo de intensa pressão, com a Costa do Marfim à procura do golo.

Texto: Autoria do MaisFutebol e A Bola

publicado por Alberto Pita às 17:56

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


pesquisar neste blog
 
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
16
17
18

20
21
22
23
24
25
26

28
29


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores

subscrever feeds