16
Jul 08

As greves dos trabalhadores da Groundforce, empresa de assistência em terra a aviões e passageiros do grupo TAP, marcadas para hoje, entre as 15h00 e as 17h00, e sábado, de 24 horas, foram desconvocadas — anunciou a empresa, que afirma estar “assegurado o normal funcionamento” da sua operação nos aeroportos de Lisboa, Porto, Faro, Funchal e Porto Santo.
Fonte: PressTur

publicado por Alberto Pita às 22:28

15
Jul 08

Os habitantes do continente que pretendam assistir ao Rali Vinho da Madeira, prova do Campeonato Europeu, de 30 de Julho a 2 de Agosto, podem tirar partido de uma promoção da Euromar Viagens e Turismo que inclui transporte marítimo a partir de Portimão.
A oferta é de cinco noites de estadia APA na Madeira em hotel de 4 estrelas, viagem de ida e volta em ferry-boat, transferes de e para o hotel e assistência, tudo desde 333 euros por pessoa (em duplo).
A partida de Portimão é no dia 27 de Julho, domingo, às 11h30, o regresso é no sábado da semana seguinte, 2 de Agosto, às 21h30.
A viagem marítima é no ferry ”Volcán de Tijarafe”, navio equipado com piscina, sala de cinema, zona de crianças, restaurante, e uma série de outros equipamentos de lazer.

Texto da autoria integral de Turisver

publicado por Alberto Pita às 22:29

Já são conhecidos os preços da easyjet para as ligações entre o continente e a Madeira. A partir de Outubro, haverá preços de bilhetes para madeirenses e estudantes a 25,99 euros por trajecto,  já com taxas incluídas. Assim, uma viagem de ida e volta ao continente pode custar menos de 52 euros, bem diferentes dos actuais valores. É por isso que a easyjet acredita que as viagens entre o continente e a Madeira quadrupliquem.

«A partir de Outubro a 'low cost' britânica vai realizar dois voos por dia da Portela para o Funchal e volta. De segunda a sábado as partidas de Lisboa são às 7h35 e às 16h00, e os voos do Funchal para Lisboa às 9h45 e às 18h15. Aos domingos as partidas de Lisboa são às 9:45 e às 18:10, e às 11:55 e 20:20 do Funchal», escreve o site Turisver 
«A Madeira quadruplicará a quantidade de portugueses que visitarão a ilha a partir do momento em que a easyJet começar a operar naquela rota», lê-se em comunicado da companhia. Para Beatriz Fernandez, directora de marketing da easyJet para Portugal e Espanha, estes voos vão «introduzir no mercado uma nova alternativa a preços mais atractivos e conseguir a tão esperada democratização das rotas comerciais que os passageiros merecem».
Conceição Estudante, secretária regional de Turismo e Transportes da Madeira declara ser «com grande expectativa» que esta nova ligação é esperada. «Esperamos que dela possam resultar maiores benefícios para os nossos residentes e para o desenvolvimento económico da Região, nomeadamente no que ao sector turístico regional diz respeito».

Fonte: Texto parcialmente de Turisver

publicado por Alberto Pita às 13:08

10
Jul 08

O ex-refém das Farc Marc Gonsalves, libertado recentemente após mais de cinco anos de sequestro na Colombia, poderá visitar pela primeira vez a ilha da Madeira, terra de seus avós, caso aceite a viagem oferecida por um jornal comunitário de Newark, Nova Jersey.
A viagem foi oferecida por António Matinho, proprietário e director do jornal Luso-Americano, que tornou o drama de Gonsalves conhecido na comunidade portuguesa dos Estados Unidos.
O ex-refém ainda não confirmou se aceita o presente.
A Agência Lusa apurou que o proprietário do jornal tomou a decisão por considerar que faz parte da missão dos jornais comunitários «manter pontes» entre Portugal e os emigrantes.
«Neste caso, trata-se de construir uma ponte nova, pois Marc Gonsalves é uma pessoa aculturada, que não mantém ligações directas com Portugal», justificou António Matinho, que diz ter simpatizado particularmente com o caso.
O jornal que ofereceu a viagem ao ex-refém é o de de maior tiragem fora de Portugal.
Na segunda-feira, Marc Gonsalves deu uma entrevista em que acusou as Farc de serem um grupo terrorista «com T maiúsculo» e apelou à libertação dos demais reféns.

Fonte: UOL

publicado por Alberto Pita às 22:13

O Diário de Notícias do Funchal escreve hoje que a Assembleia Legislativa da Madeira aprovou, por unanimidade, um voto de protesto do CDS-PP contra a decisão da TAP de aumentar a taxa de combustível nas ligações de e para as regiões autónomas e pela «passividade do Governo da República» perante a decisão.
«A Assembleia Legislativa, directa representante do povo da Madeira e do Porto Santo, protesta veementemente contra esta decisão da TAP de aumentar em 43% a taxa de combustível nos voos de e para as Regiões Autónomas e contra a passividade do Governo da República perante uma situação que prejudica os cidadãos, as empresas e o turismo dos arquipélagos portugueses», lê-se no documento citado pelo DN-Fx.
«Depois de ter assegurado, recentemente, que não subiria a taxa - realça o voto de protesto - a TAP decidiu aumentar de 42 para 60 euros a taxa de combustível entre a Madeira e o continente, o mesmo acontecendo para os Açores», adianta ainda o protesto.

publicado por Alberto Pita às 21:58

05
Jul 08

O CDS-PP-Madeira anunciou o lançamento de uma petição na Internet contra o aumento das taxas no Aeroporto da Madeira, que são presentemente o dobro das praticadas no continente e o triplo das cobradas em Espanha.

Quem desejar subscrever o documento já pode aceder ao site www.petitiononline.com/taxas e deixar os seus dados.

 

publicado por Alberto Pita às 21:30

04
Jul 08

O eurodeputado Emanuel Jardim Fernandes defendeu ontem, no Funchal, a liberalização da linha área Madeira-continente sustentando ser necessário «introduzir as correcções adequadas» para ultrapassar as contrariedades que o processo tem causado aos madeirenses.

Jardim Fernandes preside à delegação de eurodeputados da Comissão dos Transportes e Turismo do PSE, grupo socialista no Parlamento Europeu, que está de visita à Região Autónoma da Madeira.

A liberalização do transporte aéreo entre a Madeira e o continente entrou em vigor a 24 de Abril, mas a inexistência de outras operadoras fez disparar o preço das passagens, sobretudo nas viagens marcadas sobre a hora ou com poucos dias de antecedência, cujos bilhetes podem chegar aos 500 euros.

Fonte: Visão online

publicado por Alberto Pita às 19:50

01
Jul 08

A SATA Internacional disponibilizou mais de 16 mil lugares entre Funchal e Lisboa, por 31 euros one-way (74,30 euros com todas as taxas incluidas), durante todoo mês de Novembro, para celebrar o Dia da Madeira, válida para as reservas entre os dias 1 e 2 de Julho, para celebrar o Dia da Madeira.

A SATA voa duas vezes por semana entre Lisboa e o Funchal, partindo da Madeira às 10h00 da manhã e partindo de Lisboa às 21h00 (horas locais).

Fonte:PressTur

publicado por Alberto Pita às 23:08

Uma chamada de telemóvel atendida a bordo de um avião, pelo vice-presidente da Assembleia Legislativa Regional da Madeira (ALRM), Miguel de Sousa, no passado dia 22 de Junho, domingo, causou transtornos, atrasando a saída dos passageiros e obrigando o comandante da aeronave a solicitar a presença da polícia a bordo.

O avião que fazia a ligação Lisboa-Funchal tinha aterrado no Aeroporto Internacional da Madeira, por volta das 21h00, e encontrava-se na placa (local onde os aviões ficam imobilizados à espera de transporte) quando um telemóvel tocou na classe executiva. Miguel de Sousa, acabado de sair do Congresso do PSD onde foi eleito pela lista de Ferreira Leite para o cargo de vice-presidente da mesa, atendeu o telemóvel.

A acção valeu-lhe a repreenda por parte de um comissário de bordo, que advertiu o deputado social-democrata a desligar o telemóvel de imediato.

 

Versões diferentes

A partir deste ponto as versões divergem. Miguel de Sousa garantiu ao Expresso que desligou o telemóvel imediatamente e que o comportamento do comissário de bordo foi excessivo. "O procedimento foi excessivo, porque o avião já estava imobilizado na placa há algum tempo e fiz aquilo que todas as pessoas fazem, que é ligar o telemóvel".

O problema, segundo Miguel de Sousa, é o facto da transportadora açoriana ter um procedimento bastante distinto da TAP, apesar de voarem juntas. "Anteontem no voo Funchal-Lisboa, das 17h30, na chegada ao aeroporto, a chefe de cabine disse que havia um problema com a manga do avião e que iria haver um atraso. Então perguntei se podia usar o telemóvel e o pedido foi autorizado. Aquilo que a hospedeira da TAP disse que eu podia fazer, o funcionário da SATA chamou a polícia. Não percebo como é que duas companhias que operam em code-share têm procedimentos tão diferentes e os funcionários são completamente distintos no trato com os clientes, ainda que em todo o lado haja bons e maus".

 

"Passageiro desordeiro"

Os passageiros têm outra versão e garantem que Miguel de Sousa não só não acatou a ordem para desligar o telemóvel, como também pôs em causa a autoridade do comissário de bordo ao exigir a identificação do tripulante. Perante esta situação, e de acordo com as normas relativas a comportamentos desviantes em aeronaves, o comandante seguiu o procedimento. Solicitou a presença das autoridades a bordo e, pedindo calma, comunicou aos passageiros que iria haver um atraso, pois a Polícia havia sido chamada para "identificar um passageiro desordeiro", disseram testemunhas no local.

O porta-voz do Comando Regional confirmou ao Expresso que a Divisão de Segurança da PSP foi chamada a deslocar-se à aeronave, por solicitação da companhia aérea SATA. Mas ao chegar ao local, as autoridades acabaram por não identificar o alegado "desordeiro", tal como havia sido classificado pelo comandante minutos antes.

 

PSP dispensada

"Chegada ao local a acção da PSP foi dispensada pelo responsável máximo da aeronave, na medida em que o assunto que originara a nossa comparência, estava ultrapassado e sanado. A PSP não teve necessidade de identificar qualquer das partes".

Testemunhas referem que quando saíram do avião, Miguel de Sousa se encontrava no cockpit a falar com o comandante e com outros membros da tripulação. Recorde-se que Miguel de Sousa tem estatuto de imunidade parlamentar por ser deputado.

Miguel de Sousa diz que vai continuar a utilizar o telemóvel dentro do avião, dentro daquilo que lhe for autorizado. A este respeito o deputado do PSD diz que é crime fumar a bordo mas não é crime abrir o telemóvel quando o avião está imobilizado na pista.

"O que o Eng. José Sócrates fez é crime, o que eu fiz não é nada" até porque acrescenta "há dias telefonei a um comandante amigo para nos encontrarmos ao que ele me respondeu que ainda não tinha aterrado".

Texto da autoria integral do jornal Expresso

publicado por Alberto Pita às 22:44

17
Jun 08

O Diário de Notícias do Funchal anuncia hoje que o maior operador turístico nacional, MundoVip, líder de mercado, na venda de pacotes de férias do mercado nacional para a Madeira, «acaba de lançar a brochura intitulada 'Quintas da Madeira', que engloba a oferta de 15 quintas».

Este nicho de produto enfatiza o estilo de vida da nobreza europeia que encontraram na Madeira o local ideal para viver. «O toque contemporâneo aliado à riqueza histórica destas quintas fazem deste, um produto que prima pela diferenciação», sublinha o operador, garantindo que fez uma selecção criteriosa direcionada para um segmento alvo médio-alto.

Fonte: Texto do Diário de Notícias do Funchal adaptado.

publicado por Alberto Pita às 23:38

pesquisar neste blog
 
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores

subscrever feeds